11.1.17

Texto Abstrato

Meu guarda roupa está amarrotando minhas camisetas,
E a janela do meu quarto não abre para o horizonte.
Por que o horizonte está grudado sobre meus olhos,
Como esparadrapo que gruda nas feridas calejadas.
Minhas cortinas estão todas desalinhadas,
E as paredes estão escuras pelo mofo.
Eu não sou o mesmo moço. Não fui fazer o almoço,
Eu queria beber água e tomar meu remédio para dormir.
As coisas estavam fora do controle, eu queria sumir,
Queria encharcar outra coisa além do meu rosto.
Eu era uma pintura abstrata.
Onde foram os contornos coloridos dos seus olhos?
E todo aquele cabelo desajustado e bagunçado?
Para onde foram as linhas tortas e sem sentido,
Quando estávamos sem ninguém do nosso lado?
Minha mesa só cria poeira. Poeira alérgica e não sideral.
Que me incha os olhos, por que tenho renite,
Eu perco os sentidos por que isso é normal,
Normal para alguém que é um losango.
Permita-me mudar de sentido e de ângulo,
Cansei de ser o quadrado da hipotenusa,
Eu quero a minha dor que é densa e reclusa.
Neste texto abstrato e sem cor,
Eu não preciso lhe amar para fazer sentido,
Eu não preciso chorar para provar o sabor,
O sabor de todas as cores que eu não tinha lido.
Eu sou um pano molhado que limpa a sujeira,
E sou a velha mania de só dizer besteira,
E um copo de vinagre azedo e incolor.
Eu não preciso manter a compostura e o pudor,
Por que as coisas estão enfileiradas como pares de cartas,
Uma trinca milionária de Las Vegas, o cavalo luminoso,
Desce da montanha e me deixa vaidoso,
Por que estou na vertical e emoldurado,
Como um Botticelli ou um afresco de Leonardo,
Um cubo perfeito de seis lados,
Cheio de arestas e fórmulas matemáticas.
Devo destruir as palavras
Vou colocar dinamite na semântica.
E todas as palavr...
E todas as pal...
E tod...
E...
Elas acabam.
Elas acabam como um cavalo de fogo de Las Vegas.
Todas as .... vão para o nada.
Um retrato .... foi emoldurada.
O que foi? Foi a palavra.
E todas as pal...
Acabam.
Dentro de um texto abstrato de frases perfeitas.
Meu guarda roupa está amarrotando minhas camisetas.

By: Vinicius Osterer
Feito em 08 de Janeiro de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário